Bem vindos ao Viver Ciência!

No universo do Viver Ciência somos conduzidos a refletir acerca de diversas dimensões envolvidas na educação em ciências - as práticas pedagógicas, as abordagens epistemológicas, os modelos didáticos, as interrelações...
Apresentamos neste território as vivências e remanescências de uma construção coletiva da equipe do Viver Ciência.

Tenha uma boa viagem!

quinta-feira, 29 de março de 2012

VI ENCONTRO ESTADUAL DE HISTÓRIA – ANPUH/BA e XXIII CICLO DE ESTUDOS HISTÓRICOS DA UESC

VI ENCONTRO ESTADUAL DE HISTÓRIA – ANPUH/BA

XXIII CICLO DE ESTUDOS HISTÓRICOS DA UESC

POVOS INDÍGENAS, AFRICANIDADES E DIVERSIDADE CULTURAL

CAMPUS DA UESC – ILHÉUS/BA, 13 A 16 DE AGOSTO DE 2012

Colegas,

A Comissão Organizadora do VI Encontro Estadual de História, informa aos associados e ao público em geral que as inscrições de propostas de MINI CURSOS encontram-se abertas até o próximo dia 31 de março - www.viencontroanpuhba.ufba.br

Encontram-se abertas até 13 de maio, inscrições de COMUNICAÇÕES para os 34 Simpósios Temáticos do Evento. Poderão inscrever-se profissionais de História e de outras áreas com interesse na temática geral do Evento e com aderência às propostas dos Simpósios. Graduandos poderão também inscrever-se, desde que sejam chancelados formalmente por seus orientadores - www.viencontroanpuhba.ufba.br

Quanto às solicitações de informações sobre Hospedagem, informamos que estabelecemos parceria com a Multihotéis, Operadora Oficial do Evento, que em breve apresentará cotação de diárias na rede hoteleira de Ilhéus, com tarifas promocionais para os participantes do Evento, bem como de pacotes e passagens aéreas também promocionais.

Quanto ao Alojamento para estudantes, após entendimentos com a Administração da UESC, estaremos disponibilizando 200 vagas (salas) para alojamento, única e exclusivamente para delegações. Este número poderá ser ampliado, desde que sejam utilizadas barracas. Em breve iniciaremos a campanha de “hospedagem solidária”.

Visando tornar mais ágil a troca de informações, bem como uma maior circularidade do Evento estamos lançando, em parceria com o Portal História Pensada, o Blog Oficial do Evento http://anpuhba.historiapensada.com/index.html - convidamos a todos que o visitem, bem como o compartilhem em suas redes de contatos.

Cordialmente,

COMISSÃO ORGANIZADORA

VI ENCONTRO ESTADUAL DE HISTÓRIA – ANPUHBA

www.viencontroanpuhba.ufba.br – Página do Evento - Inscrição de Propostas

http://anpuhba.historiapensada.com/index.html - Blog Oficial do Evento

http://www.multihoteis.com/ - Operadora Oficial do Evento

viencontroanpuhba@gmail.com – Comissão Organizadora

viencontroanpuhbafinanceiro@gmail.com – Envio de comprovantes de pagamento

vianpuhba.local@gmail.com – Coordenação Local – Informações sobre Alojamento


Fim do Viver Ciência

Oi pessoal!

Infelizmente tenho uma má notícia: nosso amado projeto, o Viver Ciência foi finalizado e não foi possível sua prorrogação. Depois de muitas lutas, desenvolvimentos de atividades, projetos, ações, participação em eventos tivemos que finalizar o nosso trabalho, que já havia sido previsto para vigorar por 2 anos. Os dois anos se passaram, e rápido demais, como tudo que é bom, dura pouco.
Quem sabe não nos encontremos por aí, noutros trabalhos.
Apesar de tudo, manterei este blog, atualizando-o sempre que possível, para mantê-los por dentro dos eventos, trabalhos e novidades do Ensino de Ciências.

Agradeço a todos os leitores por estarem juntos conosco durante estes dois anos acompanhando nossas atividades e outras publicações.

Agradeço ao Governo Federal, que através do MEC viabilizou os PIBIDs no Brasil.


Agradeço a CAPES, pelo financiamento do PIBID Univasf/2009.

Agradeço às comunidades escolares do Colégio Estadual Senhor do Bonfim, Colégio Municipal Terezinha Guirra de Jesus e Colégio Municipal José Telesphoro Ferreira de Araújo pela parceria.


Agradeço à Univasf pelo apoio.

Agradeço à coordenadora geral do PIBID Univasf/2009, a professora Jocilene Gordiano, que esteve presente solucionando todos os problemas que surgiram no projeto.

Agradeço à professora Rosângela, vive coordenadora e companheira de projeto.

Agradeço aos coleboradores que auxiliaram no projeto.

Agradeço aos meus amados alunos (todos) e supervisores bolsistas ( Joseni, Genivalda e Evaldo) que acreditaram na idéia do Viver Ciência e a concretizaram, superando as expectativas.


Muito obrigada mesmo pessoal, vocês fizeram parte da história do Viver Ciência!

Abs,

Gisele Shaw

Coordenadora do Subprojeto Viver Ciência: a práxis docente e a conexão de saberes, vinculado ao Projeto práxis do Saber na Sala de Aula PIBID/Univasf, em agradecimento a todos os envolvidos no subprojeto.

13º Seminário Nacional de História da Ciência e da Tecnologia

A SBHC – Sociedade Brasileira de História da Ciência – realizará o 13º Seminário Nacional de História da Ciência e da Tecnologia entre os dias 03 e 06 de setembro de 2012, na cidade de São Paulo, nas dependências do Departamento de História da Universidade de São Paulo - USP.

Maiores informações:
http://www.13snhct.sbhc.org.br/

quarta-feira, 21 de março de 2012

21/03/2012

Por Fábio de Castro

Agência FAPESP – Cerca de 80 estudantes e pesquisadores do Brasil e do exterior se reunirão em Ilhabela (SP), entre os dias 19 e 31 de agosto, para interagir com alguns dos principais especialistas do mundo nas mais diversas áreas da Biologia Evolucionária.

A 1ª Escola São Paulo de Ciência Avançada – Evolution (SPSAS-Evo, na sigla em inglês) será organizada conjuntamente pela Universidade de São Paulo (USP), Universidade Estadual de São Paulo (Unesp) e Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

Estudantes de todo o mundo interessados em participar poderão se inscrever até o dia 9 de abril. Os participantes receberão financiamento para passagens aéreas, transporte terrestre, alojamento, refeições e material de curso.

O evento, realizado no âmbito da Escola São Paulo de Ciência Avançada (ESPCA), modalidade de apoio da FAPESP, incluirá uma série de conferências sobre os últimos avanços na área de Evolução, discussões organizadas na forma de estudos dirigidos e sessões de apresentação de pôsteres.

De acordo com o coordenador da SPSAS-Evo, Antonio Carlos Marques, professor do Departamento de Zoologia do Instituto de Biociências (IB) da USP, um dos objetivos centrais do evento é discutir os avanços recentes nas pesquisas sobre evolução em seus vários aspectos.

Os temas permeiam praticamente toda a ciência da biologia, de abordagens “micro” como desenvolvimento evolutivo – que estuda a trajetória de uma espécie isolada na evolução – até campos “macro” como a biogeografia, que busca compreender como a biota se distribui no globo.

“A Evolução é a área que conecta e justifica toda a biologia, uma vez que a diversidade biológica é, em última instância, o resultado final de um processo evolutivo desenvolvido ao longo de centenas de milhões de anos. Portanto, a Evolução permeia toda a biologia, por perspectivas que vão da genética e da fisiologia dos organismos até o estudo de sua distribuição geográfica”, disse Marques à Agência FAPESP.

A SPSAS-Evo procurará contemplar esses vários aspectos dos estudos evolutivos. Para isso, foram convidados docentes das mais diversas áreas de pesquisa. “Dos 14 professores que ministrarão conferências, oito são estrangeiros e seis brasileiros. Todos eles são pesquisadores líderes em suas áreas, com contribuições científicas da mais alta relevância e de alcance mundial”, contou Marques.

O tema da Evolução será enfocado em três módulos principais, de acordo com Marques: “Microevolução”, “Macroevolução” e “Abordagens integradas”. A microevolução tem uma abordagem em nível populacional, com uso de ferramentas genéticas. A macroevolução trata de estudos evolutivos operando acima do nível das espécies.

As abordagens integradas, por sua vez, unem os aspectos “macro” e “micro”, usando elementos da genética, da biologia molecular, da geologia e da química a fim de levantar questões fundamentais para o paradigma evolucionário.

“Teremos 80 estudantes, sendo 60 pós-graduandos, 10 graduandos e 10 pós-doutorandos. Pelo menos metade do grupo será proveniente de outros países. Optamos por reunir integrantes dos três níveis para gerar um processo de integração, no qual os mais graduados serão confrontados com a necessidade de transmitir seu conhecimento para os demais”, explicou Marques.

Pesquisadores visitantes

Os três módulos, de três dias cada um, serão intercalados por visitas a algumas das mais importantes instalações paulistas de pesquisa na área de Evolução. Ilhabela, segundo Marques, está em uma localização estratégica para que os participantes tenham uma experiência de imersão e, ao mesmo tempo, possam conhecer os equipamentos e parques existentes no litoral norte do estado, incluindo o Centro de Biologia Marinha (Cebimar) da USP.

“O Cebimar tem instalações com condições excelentes de pesquisas e hoje inclui vários projetos de alto nível científico. Estamos também tratando com o Instituto Oceanográfico da USP uma possível visita ao Alpha Crucis, o navio oceanográfico comprado pela FAPESP que já está a caminho do Brasil”, disse Marques.

Paralelamente às atividades de campo, haverá trabalhos em grupo no formato de estudos dirigidos, seminários, conferências e mesas-redondas com participação dos palestrantes.

“Teremos ainda de seis a nove convidados, que serão pesquisadores paulistas de excelente nível na área de estudos evolutivos. Eles terão a oportunidade de apresentar seus trabalhos e seus laboratórios para os estudantes e para os professores convidados”, disse Marques.

Uma das intenções da escola é trazer estudantes e pesquisadores estrangeiros interessados em atuar no Brasil em projetos de pesquisa sobre Evolução. De acordo com Marques, vários aspectos contribuem para que São Paulo seja atraente para os pesquisadores da área.

“Com o apoio das agências de fomento como a FAPESP, tivemos a oportunidade, em São Paulo, de criar uma excelente estrutura de pesquisa. Além disso, temos uma massa crítica de pesquisadores e docentes de altíssimo nível produzindo trabalhos relevantes. Por fim, temos em território paulista um fantástico laboratório natural de evolução, com matas, cerrados e uma imensa extensão oceânica”, disse.

A comissão científica que coordena o evento inclui, além de Marques, os professores Marcello Simões, da Unesp em Botucatu (SP), e André Freitas, da Unicamp. Além do financiamento da FAPESP, a SPSAS-Evo tem uma série de apoios institucionais, de acordo com Marques: IB-USP, Instituto de Biociências da Unesp em Botucatu, Instituto de Biologia da Unicamp, Cebimar e Núcleo de Pesquisas em Biodiversidade Marinha da USP (NP-Biomar).

Mais informações: www.ib.usp.br/zoologia/evolution

terça-feira, 20 de março de 2012

VII Fórum Brasileiro de Educação Ambiental

Entre os dias 28 a 31 de março, em Salvador, ocorrerá o VII Fórum Brasileiro de Educação Ambiental, promovido pela REBEA e REABA.

O evento é preparatório da Sociedade Civil para participação na Conferência Rio+20, em junho.

Mais informações e inscrição no sitio: www.viiforumeducacaoambiental.org.br

sexta-feira, 16 de março de 2012

A Secretaria de Cultura da Bahia – SECULT-BA promove no período de 06 a 11 de maio a Celebração das Culturas dos Sertões, em Salvador e Feira de Santana. O evento busca estimular a construção colaborativa de políticas culturais para os sertões e acolhe múltiplas expressões e manifestações das culturas sertanejas.
No âmbito da Celebração, está previsto a realização do I Encontro de Estudos das Culturas dos Sertões, que abrange: sessões de estudos, debates e discussões de trabalhos que analisem e reflitam sobre as culturas dos sertões, nos dias 07 e 08 de maio de 2012, no Centro de Cultura Amélio Amorim, em Feira de Santana.
Os trabalhos para o encontro de estudos sobre as culturas dos sertões deverão ser submetidos à comissão organizadora, conforme orientações a seguir. As inscrições são gratuitas.
FORMATO DOS TRABALHOS
Resumo expandido de no máximo duas páginas em papel A4, texto em Times New Roman, fonte tamanho 12, entrelinha de 1,5, conforme normas da ABNT, contendo: Título, nome do autor e palavras-chave e em nota de rodapé titulação, profissão e identificação dos vínculos do autor(es) com o tema.
PRAZOS
Os trabalhos devem ser enviados para apreciação da comissão julgadora no período de 27/02/2012 a 30/03/2012, em formato PDF, para o e-mail:
culturadosertao2012@gmail.com
O resultado dos trabalhos selecionados será divulgado a partir de 20/04/2012.
TEMAS DAS SESSÕES
Os sertões no cinema

A sessão acolhe trabalhos que analisem e reflitam as várias experiências e olhares do cinema que têm os sertões como tema, no documentário ou na ficção.
Identidades e modos de vida dos sertões
A sessão acolhe trabalhos que analisem as instigantes questões identitárias e os modos de vida, tais como religião, culinária, hábitos, costumes etc., além da cultura como um recurso singular e elemento de transformações e permanências.


Os sertões pelas letras
A sessão acolhe trabalhos que analisem e reflitam a trajetória dos sertões como cenário privilegiado da literatura brasileira, desde as primeiras incursões até a contemporaneidade.

quarta-feira, 14 de março de 2012

2º Congresso Internacional de Educação Cientifica e Tecnológica

A página oficial do 2° CIECITEC (Congresso Internacional de Educação Cientifica e Tecnológica) já esta no ar.
As inscrições com submissão de trabalhos estarão abertas do dia 15/03 até o dia 15/04/2012.

http://www.santoangelo.uri.br/ciecitec/

terça-feira, 13 de março de 2012

28º Simpósio Temático: História da assistência à saúde no Brasil: diversidade de práticas e saberes, que terá lugar no VI ENCONTRO ESTADUAL DE HISTÓRIA – ANPUH/BA. O evento acontecerá na Universidade Estadual de Santa Cruz, em Ilhéus, Bahia, entre 13 e 16 de agosto de 2012.

O período para a submissão de propostas de Comunicações será de 12 de março até 13 de maio de 2012 no site http://www.viencontroanpuhba.ufba.br/.
As propostas de Comunicações devem enquadrar-se nas recomendações da ANPUH Nacional, de maneira que não serão aceitos resumos, apenas textos completos (mínimo de 6 e máximo de 10 páginas).
Maiores esclarecimentos poderão ser obtidos através do endereço eletrônico viencontroanpuhba@gmail.com.

quarta-feira, 7 de março de 2012

VII COLÓQUIO ENSINO MÉDIO, HISTÓRIA E CIDADANIA

O VII COLÓQUIO ENSINO MÉDIO, HISTÓRIA E CIDADANIA acontecerá, entre os dias 30 de maio e 01 de junho de 2012, na Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC). O envio de trabalhos poderá ser feito até o dia 02 de maio nos seguintes eixos temáticos: a) Ensino Secundário/técnico/médio; b) EscolaNormal/Curso de Magistério; c) Disciplinas escolares ("disciplinas-saber").Maiores informações podem ser obtidas no site:
http://www.ensinomedio.faed.udesc.br/

--

Secretaria da Sociedade Brasileira de História da Educação (SBHE)
Universidade Federal do Espírito Santo

Programa de Pós-Graduação em Educação
Av. Fernando Ferrari, 514, Goiabeiras, CEP. 29060-970, Vitória, Brasil

terça-feira, 6 de março de 2012

O Café Científico Salvador, promovido pelo Programa de Pós-Graduação
em Ensino, Filosofia e História das Ciências (UFBA/UEFS), pela LDM -
Livraria Multicampi e pela Biblioteca Pública do Estado da Bahia,
retoma suas atividades neste mês de Março de 2012, EM NOVO LOCAL:



16 de Março de 2012 - 18:00

Jairnilson Paim (Instituto de Saúde Coletiva/UFBA)

O Sistema de Saúde Brasileiro: contradições e desafios



[Ver mais detalhes no resumo abaixo]



O Café Científico é um local em que qualquer pessoa pode discutir
desenvolvimentos recentes das várias ciências e seus impactos sociais.
Ele oferece uma oportunidade para que cientistas e o público em geral
se encontrem face a face para discutir questões científicas, numa
atmosfera agradável.



O evento é inteiramente gratuito e não necessita de inscrição.



O evento ocorrerá no Auditório da Biblioteca Pública do Estado da
Bahia (ou, como usualmente a chamamos, Biblioteca dos Barris), na Rua
General Labatut, 27, Barris, Salvador-BA.



Para mais informações, ligue 71 3283-6568.



Maiores informações sobre o café científico de Salvador podem ser
encontradas em http://cafecientificossa.blogspot.com



Informações gerais sobre a iniciativa dos Cafés Científicos podem ser
conseguidas no seguinte sítio: http://www.cafescientifique.org.

sábado, 3 de março de 2012

Sobre a demanda contínua

Nós, participantes dos projetos PIBID aguardamos posicionamento oficial da CAPES acerca da transformação do Programa PIBID em demanda contínua para as universidades participantes. Esperamos que isto ocorra e que seja permitida a continuidade das ações que auxiliam na melhoria da qualidade do ensino nas escolas e na formação de professores, licenciandos e o incentivo à docência.

I Encontro de Pesquisa em História da UFMG - Ephis