Bem vindos ao Viver Ciência!

No universo do Viver Ciência somos conduzidos a refletir acerca de diversas dimensões envolvidas na educação em ciências - as práticas pedagógicas, as abordagens epistemológicas, os modelos didáticos, as interrelações...
Apresentamos neste território as vivências e remanescências de uma construção coletiva da equipe do Viver Ciência.

Tenha uma boa viagem!

sexta-feira, 16 de março de 2012

A Secretaria de Cultura da Bahia – SECULT-BA promove no período de 06 a 11 de maio a Celebração das Culturas dos Sertões, em Salvador e Feira de Santana. O evento busca estimular a construção colaborativa de políticas culturais para os sertões e acolhe múltiplas expressões e manifestações das culturas sertanejas.
No âmbito da Celebração, está previsto a realização do I Encontro de Estudos das Culturas dos Sertões, que abrange: sessões de estudos, debates e discussões de trabalhos que analisem e reflitam sobre as culturas dos sertões, nos dias 07 e 08 de maio de 2012, no Centro de Cultura Amélio Amorim, em Feira de Santana.
Os trabalhos para o encontro de estudos sobre as culturas dos sertões deverão ser submetidos à comissão organizadora, conforme orientações a seguir. As inscrições são gratuitas.
FORMATO DOS TRABALHOS
Resumo expandido de no máximo duas páginas em papel A4, texto em Times New Roman, fonte tamanho 12, entrelinha de 1,5, conforme normas da ABNT, contendo: Título, nome do autor e palavras-chave e em nota de rodapé titulação, profissão e identificação dos vínculos do autor(es) com o tema.
PRAZOS
Os trabalhos devem ser enviados para apreciação da comissão julgadora no período de 27/02/2012 a 30/03/2012, em formato PDF, para o e-mail:
culturadosertao2012@gmail.com
O resultado dos trabalhos selecionados será divulgado a partir de 20/04/2012.
TEMAS DAS SESSÕES
Os sertões no cinema

A sessão acolhe trabalhos que analisem e reflitam as várias experiências e olhares do cinema que têm os sertões como tema, no documentário ou na ficção.
Identidades e modos de vida dos sertões
A sessão acolhe trabalhos que analisem as instigantes questões identitárias e os modos de vida, tais como religião, culinária, hábitos, costumes etc., além da cultura como um recurso singular e elemento de transformações e permanências.


Os sertões pelas letras
A sessão acolhe trabalhos que analisem e reflitam a trajetória dos sertões como cenário privilegiado da literatura brasileira, desde as primeiras incursões até a contemporaneidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.